Capacitação

Capacitação

Frente voltada a capacitar, treinar e sensibilizar produtores(as), ATECs, gestores(as) públicos, estudantes, educadores(as) e outros atores locais em tecnologias de agricultura sustentável e de baixa emissão de carbono.

Cursos presenciais e palestras

Os cursos presenciais têm como objetivo capacitar os(as) Agentes de Assistência Técnica (ATECs)
em tecnologias de agricultura de baixa emissão de carbono, com ênfase em sistemas integrados de lavoura-pecuária-floresta (ILPF), para que possam prestar assistência técnica aos produtores(as) rurais cadastrados no projeto. Essas atividades serão destinadas aos ATECs que atuam na área de intervenção do projeto.

Além disso, são organizados seminários, palestras e outras ações voltadas para gestores(as) públicos(as) com o objetivo de sensibilizar esse público nas temáticas que o projeto.

Ensino a Distância (EaD)

Os cursos na modalidade Educação a Distância (EaD) estão direcionados para capacitação de públicos diversos sobre técnicas em agricultura de baixa emissão de carbono e mudanças climáticas, com ênfase em sistemas integrados de lavoura-pecuária-floresta (ILPF). Tem como objetivo capacitar, sensibilizar e treinar o público cadastrado no projeto e o público geral, por meio de dois cursos livres online, sendo um autoinstrucional e um monitorado por tutores. O curso autoinstrucional, direcionado para o público em geral, possui caráter introdutório, envolvendo temas gerais sobre agricultura de baixa emissão de carbono, mudanças climáticas, ILPF, sustentabilidade do Cerrado brasileiro e desenvolvimento rural sustentável, enquanto que o monitorado, voltado para o público-alvo do projeto, tratará dos mesmos temas, mas com um maior aprofundamento.

Além disso, alinhado com o trabalho realizado no âmbito da Cátedra UPM – REDE ILPF – IABS para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a agricultura de baixo carbono, o projeto promove um Curso Online Aberto e Massivo (MOOC, pelas suas siglas em inglês) sobre agricultura de baixa emissão de carbono e mudanças climáticas

Mestrado profissionalizante

O Mestrado Profissional em tecnologias de agricultura de baixa emissão de carbono e mudanças climáticas, com ênfase em sistemas integrados de lavoura-pecuária-floresta (ILPF) tem como objetivo ampliar o conhecimento e o desenvolvimento de técnicas de profissionais que atuem na área Agrária ou outras áreas afins, para que possam incrementar a sua atuação em sistemas de produção, contribuindo para um aproveitamento sustentável das propriedades rurais. Está direcionado para o público-alvo do projeto e, como uma pós-graduação stricto sensu, requer do participante o título de graduação.

Ações de Empoderamento Social

Considerando que as características atuais do meio rural brasileiro de envelhecimento e masculinização colocam em risco a sustentabilidade do campo, o projeto pretende atuar para promover o empoderamento social, com foco no protagonismo feminino e da juventude. Para tanto, promoverá ações diversas, tais como: atividades lúdicas para estudantes de ensino fundamental; palestras e oficinas para estudantes de ensino médio; premiação para escolas por ações de sustentabilidade; e oficinas com as famílias cadastradas no projeto, com foco no empoderamento das mulheres e dos jovens.

Ainda como forma de empoderamento social, há ações voltadas para organizações socioprodutivas, que visam trabalhar temas de associativismo/cooperativismo, gestão financeira e administrativa e, ao mesmo, promover o empoderamento da juventude.