Financiado pelo Governo do Reino Unido, projeto vai aplicar mais de R$ 100 milhões em 4 anos na implementação de tecnologias agrícolas de baixa emissão de carbono

Como aumentar a produtividade agrícola sem agredir o meio ambiente? Esse é um dos grandes desafios atualmente no mundo e o que move o Projeto Rural Sustentável – Cerrado: até agosto de 2023, atuação nos estados de Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, com abrangência em 100 municípios.  E o primeiro passo para a concretização desta iniciativa é a etapa de cadastramentos, já disponíveis nesta segunda, 15/06. É a partir desse primeiro contato que o público saberá como se envolver e demais informações sobre o funcionamento do projeto.

O PRS – Cerrado vai atuar com produtores e produtoras rurais, instituições de ensino superior e de pesquisa e desenvolvimento, estudantes do ensino técnico e superior, escolas de ensino médio e fundamental, organizações produtivas (como cooperativas e associações), gestores e gestoras públicos, além de técnicos e técnicas rurais e entidades de assistência técnica do setor público e/ou privado (as ATERs). Com um arranjo institucional inovador, que envolve as instituições idealizadoras, beneficiário, executor e apoio científico, o PRS – Cerrado é resultado de parcerias: Governo do Reino Unido, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS) e Associação Rede ILPF, por meio da Embrapa.

O porquê participarem?

 Para além do apoio técnico na implantação de práticas agrícolas de baixa emissão de carbono, a partir dos sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) e da Recuperação de Pastagens Degradadas (RPD), apoio para fortalecer organizações produtivas e comercialização da produção, ações de conscientização, formação, capacitação e pesquisa e facilitação do acesso ao crédito por meio de instrumentos financeiros disponíveis no Brasil e/ou no mercado internacional serão alguns dos benefícios desenhados para cada público do projeto.

A atuação no bioma Cerrado traz aprendizados vivenciados durante o Projeto Rural Sustentável – biomas Mata Atlântica e Amazônia, que melhorou a gestão da terra e das florestas por produtores(as) rurais em suas propriedades.